26 Jan by Website Developer

Associação dos transitários estima crescimento do setor em 2017 pela 1.ª vez em três anos

O presidente da direção da Associação dos Transitários de Portugal (APAT), Paulo Paiva, manifestou-se hoje confiante de que o setor vai este ano crescer, depois de três anos de estagnação, acompanhando a evolução das exportações.

“Tem sido um ano de crescimento das exportações e uma larga franja dos associados lidam diretamente com os exportadores nacionais, portanto, em termos de volume de negócios, apesar de ainda estar o ano a decorrer, antevemos que seja um ano francamente positivo”, disse o responsável em declarações à agência Lusa, a propósito da realização do XVI congresso do setor, que decorre na sexta-feira e no sábado em Lisboa.

A APAT tem atualmente 256 associados, essencialmente Pequenas e Médias Empresas (PME), que representaram em 2016 um volume de faturação de 1.672 milhões de euros, em 2015 de 1.675 milhões de euros e em 2014 de 1.798 milhões de euros.